Perfume de menino


Teus olhos de mar numa face de rapazinho, 
Teu cabelo ao vento numa correria sem cansaço.
Uma pausa na endiabrada brincadeira,
Um cheiro a relva que se envolve com o teu perfume de menino.
Tua inocência, verdade e meiguice fazem de ti uma eterna criança.
Não mudes, não percas nada do que tens, não deixes de seres como és.


(Foto de Ângela Silva)

2 comentários: